sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

O rei da selva e o terror dos mares no "Câmera Record" desta sexta, 17/01



Um é capaz de matar antes mesmo de nascer.  O outro caça à noite, como se tivesse visão noturna. Na terra, leão, o rei da selva. Na água, tubarão, o terror dos mares. No Câmera Record desta sexta-feira (17/01), apresentado por Marcos Hummel, flagrantes de ataques destes grandes predadores da natureza. 

Dentes, garras e 200 kg de músculos. Além da força impressionante, o leão é um mamífero que tem olhar aguçado e é capaz de enxergar à noite. Por este motivo, prefere caçar na escuridão, muitas vezes em bando. Mas também existe um outro lado deste animal que muita gente desconhece e que o Câmera Record vai mostrar. É que muitos nascem frágeis: não enxergam, não conseguem andar e não têm dentes para caçar. Acabam morrendo antes mesmo de completar um ano. 
A reportagem revela como esse filhote indefeso se transforma no rei da selva, como aprende a caçar e como se desenvolve a ponto de enfrentar animais maiores como búfalos, elefantes e girafas. 
Já o terror dos mares domina as águas salgadas há 11 milhões de anos. E o Câmera Record vai mostrar bem de perto como é um ataque de tubarão. Com um estômago capaz de digerir 150 kg, o animal caça leões marinhos, focas, baleias. O tubarão é capaz de matar antes mesmo de nascer, ainda dentro da barriga de sua mãe ele é capaz de devorar os seus irmãos. 
Mais forte e resistente que a maioria dos peixes, o tubarão ainda tem um outro aliado em suas caçadas: sensores capazes de identificar a presa, mesmo no escuro. 
No Câmera Record, flagrantes de arrepiar do animal que é o grande terror dos mares. 
Nesta sexta-feira, 17/01, no Câmera Record, logo depois de Breaking Bad