domingo, 30 de março de 2014

Lua Blanco prova em “Pecado Mortal” que é muito mais do que ídolo teen
























Que ela é uma excelente atriz e cantora, tem uma legião de fãs, é umas das principais ídolos teens do Brasil e além de tudo isso é linda, isso não é novidade pra ninguém. No entanto, o que vem chamando a atenção do público é a evolução alcançada por Lua Blanco ao viver uma jovem tão cheia de nuances como a estudante Silvinha da novela “Pecado Mortal” de Carlos Lombardi.

Inicialmente destinada à atriz Sophia Abrahão que segundo informações dos bastidores recusou o papel e acabou soltando algumas informações confidenciais da sinopse, a personagem Silvinha desde as primeiras revelações dadas pelo autor Carlos Lombardi já se mostrava um grande desafio, afinal, mesmo não se tratando de uma das protagonistas, a mesma se localizava entre um dos principais núcleos da novela.

Prima do protagonista Carlão, Silvinha caiu como uma luva para a atriz Lua Blanco, que não hesitou em dar vida a “uma menina controlada, educada, que vai ser ‘avassalada’ pela descoberta do primeiro amor”, como destacou Carlos Lombardi. O novo papel na TV trouxe a princípio um primeiro desafio, se desvincular da independente Roberta da novela teen “Rebelde”, o que resultou num novo visual com cabelos lisos e em tons mais escuros.

O que talvez a atriz não esperava era que a doce Silvinha traria a ela tantas outras possibilidades, como dramas familiares, momentos de suspense, doses de humor e o amadurecimento da personagem que inclusive resultou na tag #SilvinhaPoderosa que ficou entre os assuntos mais comentados nas redes sociais. 

Porém, a cena do estupro sofrido pela personagem e o desenrolar de todo esse crime brutal só contribuíram para expôr o quanto Lua Blanco está segura e deslumbrante em cena, demonstrando assim ser muito mais do que uma ídolo teen, mas sim uma jovem atriz em ascensão: “Estou adorando a Silvinha. Ela está ótima, encantadora. A cena foi surpreendente. Queria uma reação visceral de Silvinha ao horror que ela passou”, ressaltou Carlos Lombardi, autor da trama.

Em cartaz com o espetáculo “Se eu fosse você, o musical” e de contrato longo com a Rede Record, a torcida de grande parte do público da emissora, que acompanham a atriz desde os seus primeiros passos como a descolada Roberta Messi em “Rebelde” é que ela continue crescendo na casa e sempre evoluindo a cada novo trabalho. Com uma carreira que está apenas no início, Lua Blanco tem talento, carisma e fôlego de sobra para se firmar cada vez mais como uma das melhores e mais aclamadas atrizes de sua geração!


Texto por Luciano Andrade - @luccandrade
© Todos os direitos reservados