quinta-feira, 10 de abril de 2014

Conheça 10 particularidades da novela “Cidadão Brasileiro”, que voltou a ser exibida essa semana
























Exibida no ano de 2006, com autoria de Lauro César Muniz, direção geral de Flávio Colatrello Jr. e direção de núcleo de Ivan Zettel, a novela “Cidadão Brasileiro” que voltou a ser exibida na última segunda (07) pela Rede Família é marcada por muitas particularidades.

Protagonizada por Gabriel Braga Nunes e com Lucélia Santos, Paloma Duarte, Tuca Andrada, Carla Regina, Floriano Peixoto, Luíza Tomé, Bruno Ferrari e Taumaturgo Ferreira entre os papéis principais, a trama conta a trajetória do vendedor de produtos agrícolas Antônio Maciel, da juventude até a sua velhice, passando por diferentes épocas da história de nosso país, entre elas a construção de Brasília, os ideais de liberdade, a censura e a repressão presentes no final dos anos 60 e a ditadura militar.

O folhetim é um dos destaques da nova programação da Rede Família, pertencente a Edir Macedo, que desde o dia 1º de fevereiro desse ano retornou com transmissões para todo o Brasil no satélite Star One C2 em parabólicas analógicas em substituição a Record News. Essa será a segunda produção da teledramaturgia da Rede Record exibida pelo canal que já reprisou a novela “Essas Mulheres” de Marcílio Moraes. 

Confira abaixo com exclusividade 10 particularidades da novela que marcou a teledramaturgia brasileira:

1ª – Primeira novela a inaugurar um segundo horário de telenovela brasileira na Rede Record.

2ª – Primeira novela da Record a ser exibida às 22 horas, tradição esta perdida com a migração de “Pecado Mortal” para às 21 horas.

3ª - Primeira e única novela brasileira em que a atriz Paloma Duarte contracenou ao lado do atual marido, o ator Bruno Ferrari. Na trama ambos interpretaram os irmãos Marcelo Salles Jordão e Luiza Salles Jordão.

4ª – Primeira novela a ter um casal homossexual na Record. No folhetim o médico Nilo (Thiago Chagas) e o enfermeiro Aguinaldo (Gustavo Haddad) sentiam uma forte atração um pelo outro, mas que se sentiam encurralados a demonstrarem o que sentiam frente à sociedade moralista da década de 50.

5ª - Primeira novela a discutir a ditadura militar fora da Globo, exibindo inclusive, cenas de tortura, repressão e manifestações.

6ª – Última novela de Ticiane Pinheiro que viveu a hippie Cláudia, da atriz Fernanda Muniz que deu vida à introspectiva Laís Sales Jordão, da cantora e atriz Danni Carlos que viveu a sedutora Renée e também da atriz Lucélia Santos que após interpretar a gananciosa Fausta, só atuou em séries.

7ª – Primeira novela em que o ator Gabriel Gracindo atuou ao lado do avô Gracindo Júnior. Após a trama ambos atuaram juntos em “Luz do Sol” e na minissérie bíblica “Milagres de Jesus”.

8ª – Primeira novela em que a atriz Paloma Duarte atuou ao lado da filha, a atriz Ana Clara Duarte, que foi Dóris, sua filha também na ficção. 

9ª – Novela de estreia dos atores Fernando Sampaio, atualmente no ar em “Pecado Mortal” como o enfermeiro Brito e também da atriz Vanessa Goulart, filha da atriz Bárbara Bruno e neta dos atores Nicete Bruno e Paulo Goulart, que deu vida a jovem Julieta.

10ª – Última novela do ator Jece Valadão que faleceu alguns dias depois do fim da novela aos 76 anos.

A reprise de “Cidadão Brasileiro” vai ao ar de segunda à sexta, às 17h15 na Rede Família. Imperdível!

Texto por Luciano Andrade - @luccandrade
Colaborou: Maressa Villa Real - @maressavilareal
© Todos os direitos reservados

Leia também: