segunda-feira, 7 de abril de 2014

#CrônicaDaTV: O padrão #TVGlobo de qualidade caiu e muito


 Por: André Lima
Último trabalho de José Wilker foi um papel irrelevante em #AmoràVida
A notícia da morte do ator José Wilker foi um choque para todos. Não vou aqui ficar ressaltando o talento e qualidade profissional que o ator tinha. Era um ator inteligente e ponto.

A Rede Globo de televisão e o autor de Amor à Vida, Walcyr Carrasco terão que carregar a culpa de ter escalado José Wilker para fazer um personagem sem nenhuma relevância. Quando digo nenhuma, eu quero dizer nada, absolutamente nada de relevante dentro da novela que já foi, por si só um erro grotesco do Walcyr. A quem eu sempre admirei. Que isso fique claro.

E agora? O que fazer? Quem poderia imaginar que um ator desse porte falecesse assim bruscamente? Mas e daí? Ainda que estivesse vivo. Escalar um ator para fazer “aquilo”? Eu digo aquilo, porque nem sei dizer o nome do personagem que ele fazia. Tamanha era a irrelevância que tinha.

Padrão de qualidade para quem?
Ainda sobre a morte do José Wilker, no Jornal Hoje, o Jornalismo   mais idôneo e imparcial que existe (risos), errou feio. Ao falar ao telefone com o ator Milton Gonçalves colocou a legenda como se fosse o Milton Nascimento.

Tudo bem que os dois Milton’s (Gonçalves e o Nascimento) dispensam apresentações. Mas cadê o padrão Globo de qualidade?

Zeca Camargo além de fracasso de audiência é prepotente
Como se não bastasse, o Zeca Camargo, hoje como apresentador/repórter/entrevistador do falecido Vídeo Show em uma entrevista aos jornalistas na festa de apresentação da nova programação da Globo declarou:

“O Vídeo Show não concorre com ninguém”
Será que ele estava fazendo uma piada?

O cara que desdenha das outras emissoras, como se ele fosse intocável é um dos piores se não o pior que já passou pelo Vídeo Show.

Fazer o que não é mesmo?
O pior cego é aquele que não quer ver.
Vem aí na Globo?
Outro vexame que não se pode deixar de falar é o tal Vem aí que não trouxe novidade alguma, e ainda por cima com o elenco do canal pagando mico sem parar. Continuam subtilizando o Marcelo Adnet que na Globo, continua sem graça e ele sabe disso. E ainda foi obrigado a apresentar aquilo.

Desse vexame, nem a engraçada Tatá Werneck conseguiu salvar a Globo.
Meu Pedacinho de Chão começou
Apesar de trazer uma estética diferente. Por enquanto não nem dizer que é bonita ou feia. Apenas diferente. A novela tem um elenco enxuto, mas muitos desconhecidos. E sobrou para Antonio Fagundes e Osmar Prado salvarem o primeiro capítulo.

Os outros foram apenas figurantes de luxo. Ou não. Apenas estavam ali fazendo caras e bocas e só.

 Crônica da TV
Abraços com respeito sempre
André Lima

Se lhe interessar, siga-me no twitter e vam’bora falar sobre TV