domingo, 13 de abril de 2014

“Pecado Mortal” Após dar voto de confiança Patrícia e Picasso se beijarão em cabana



Se Picasso está passando por um momento de redenção ou se tudo não passa de mais um dos seus planos maquiavélicos ainda é um mistério. No entanto, o que todo mundo já sabe é que a promotora Patrícia resolveu dar um voto de confiança para o inimigo número um do seu ex-marido. Nos próximos capítulos de “Pecado Mortal” Picasso dirá a Patrícia que não tem intenções de prejudicá-la ao dar seu depoimento ao juiz.  

Lívia planejará testar Picasso e dar chance para que ele fuja da prisão. Das Dores concordará com plano. Picasso terá chance de fugir, mas hesitará e entrará no carro de Patrícia. Ele é levado para quarto especial e diz que irá contar o que sabe sobre os contraventores do jogo bicho. Picasso entregará o nome do contador dos Ashcar para Patrícia. Patrícia encontrará Carlão e diz que está confusa quanto ao que ele sente por ele. Doroteia terá uma crise de ciúme e brigará com Patrícia.

Carlão apartará as duas, preocupado com os bebês que elas esperam. O hippie alertará Patrícia sobre Picasso, dizendo que ela não deveria confiar nele. Patrícia será dura com Picasso e dirá que se ausentará do caso se descobrir que ele está tentando prejudicá-la Picasso e Patrícia serão surpreendidos com tiros na porta do quarto de hotel. Picasso se jogará no chão e protegerá Patrícia dos tiros com o próprio corpo. Patrícia vai atirar em um capanga e fugirá com Picasso.

Picasso e Patrícia serão perseguidos durante a fuga e se esconderão em uma casa de show onde trabalha Laura que se assustará ao encontrar Patrícia e irá tirar a roupa, distraindo a atenção dos atiradores. Patrícia ouvirá um tiro e se surpreende ao ver que Vegetal foi responsável por matar o atirador que a ameaçava. Vegetal diz que estava seguindo ordens de Carlão para protegê-la. Carlão se enfurecerá, partindo para cima de Picasso, acertando cotovelada e dirá que fará com que ele desapareça. Patrícia o surpreenderá e aponta um revólver para o ex-marido.

Carlão tentará convencer Patrícia de que Picasso a está usando para ameaçar o secretário de segurança e conseguir sair da prisão. A promotora dirá que Picasso está tentando se redimir e deixa Carlão decepcionado. Carlão e Picasso escutarão barulho na porta e desconfiarão de possível ataque. Eles surpreenderão atiradores e conseguirão desarmá-los. Patrícia correrá até Carlão e o abraçará, aliviada. Patrícia e Picasso irão para uma cabana afastada da cidade, lá Picasso beijará Patrícia.

Texto por Luciano Andrade - @luccandrade
Colaborou: Maressa Villa Real - @maressavilareal
© Todos os direitos reservados

Leia também: