terça-feira, 29 de julho de 2014

“A primeira vez é sempre especial!”, diz Renata Dias Gomes sobre início de carreira na Record
























Colaboradora do autor Aguinaldo Silva em “Império”, nova aposta da Rede Globo para o seu horário nobre, a jovem e promissora roteirista Renata Dias Gomes, hoje um dos grandes reforços da Globo para a sua teledramaturgia, iniciou sua carreira na Record e tem boas recordações da época em que trabalhava na concorrência.

Neta de Janete Clair e Dias Gomes, os dois maiores dramaturgos que o Brasil já conheceu; Renata começou sua carreira cedo. Aos 16 anos escreveu o roteiro da peça “Anos Negros”, em seguida escreveu e dirigiu alguns curtas para o cinema. Mas foi em 2006 que deu o ponta pé inicial em sua carreira em novelas, colaborando com Margareth Boury em “Alta Estação” na Record: “Tenho saudades de tudo. Especialmente da Margareth. Primeira vez é sempre especial!”, diz Renata quando questionada sobre o que mais recorda sobre o seu início de carreira na Record.

Ela que está em seu sexto trabalho na TV, comemora também o fato de ter a oportunidade de trabalhar pela terceira vez com a atriz Andreia Horta, que por coincidência também teve em “Alta Estação” seu primeiro trabalho de grande alcance: “Trabalhei com Andreia em ‘Alta Estação’ e ‘Chamas da Vida’ e agora em ‘Império’!”, ressalta a roteirista. Exibida pela Rede Record em 2006, “Alta Estação” foi ainda o celeiro de outros grandes artistas. Da novela teen foram lançados os atores Daniel Aguiar, Lana Rhodes, Guilherme Boury, Bruno Gissoni, Maurício Ribeiro, Lucas Cotrim, entre outros.

Texto por Luciano Andrade - @luccandrade
© Todos os direitos reservados
Leia também: