sexta-feira, 3 de outubro de 2014

#PlanoAlto - Assista ao 3º Capítulo em HD.

Guido vai a Brasília para uma reunião com o presidente da República 

Dora e Traçado discutem a possibilidade de Rico ir morar com o pai



Plano Alto vai ao ar de Terça à Sexta, às 23:30, logo após A Fazenda.



Resumo

Capítulo 4 - Sexta-feira (3/10): 

Polícia avança contra os manifestantes com gás lacrimogênio e bombas de efeito moral

Durante o discurso, Geraldo ameaça uma greve dos profissionais da saúde. Alfredo e Soraya discutem sobre a greve e organizam uma manifestação na cidade para chamar a atenção das autoridades. Torril garante a Guido que do governo dele não sairá nenhum ataque contra ele. Guido afirma que ouviu rumores de que alguém do palácio está tentando comprometer o governador. Torril fica nervoso quando Guido diz que irá concorrer à presidência com ele e garante que nada tem a ver com os ataques.
Na saída de Guido do Palácio do Planalto, um repórter pergunta a Guido o motivo da visita ao presidente. O governador diz que veio pedir recursos de investimento na saúde do estado. O jornalista pergunta ainda sobre a CPI e Guido diz que esse assunto não foi tratado na reunião. Torril chama seu assessor e pede para que ele plante uma notícia em um jornal de fofocas sobre a visita de Guido. Durante pronunciamento na Câmara dos Deputados, João Titino e Geraldo discutem sobre a situação da saúde no Rio de Janeiro.
Repórteres continuam acompanhando Guido e tentam especular sobre a sua visita ao presidente Torril. Geraldo se encontra com Guido no Planalto e pergunta se conseguiu recursos para a saúde. O governador responde positivamente para o deputado, mas diz que são apenas promessas. Papudo tenta descobrir quem passou o vídeo para seus inimigos políticos e cita o nome de Aldomar. Josimar tenta convencer Renata a voltar para Papudo. Josimar propõe a Renata que se vingue do marido, mas que não se separe dele para não estragar a sua vida política. Josimar conta a Papudo que convenceu Renata a conversar com ele.
Renata visita Papudo e diz que ela somente voltará se ele usar um cinto de castidade. O deputado fica atônito com a proposta e se recusa a usar o mecanismo. Ramos e Álcio vão até o bar de Aldomar e entregam o dinheiro do pagamento pelo vídeo, sem perceber que há um espião no local. Melissa, Maria Luísa e Yolanda organizam a festa de aniversário de Guido. Júlia pergunta para Rico se ele recebeu o convite para o aniversário do avô. Rico pede para convidar Paula e Lucrécia. Yolanda fica surpresa ao saber que Rico está morando com João e diz que não confia neles. Dora diz para Traçado que acha que foi ideia de João em levar Rico para morar com ele é ideia de Guido. Lucrécia convida Rico a participar de uma manifestação dos funcionários da saúde.
Jorge mostra a Guido uma nota de um jornal de Brasília que diz que o governador foi até a capital federal para pedir que o presidente da República interceda junto à Polícia Federal para impedir a divulgação das provas de corrupção contra o governo do estado, deixando Guido transtornado. Aldomar é atropelado e morre. Rico e Lucrécia vão para a manifestação em frente ao palácio e cobrem o rosto para não serem reconhecidos e se juntam a outros mascarados. Guido e Jorge se reúnem com Hernani, o secretário de segurança para saber como lidar com os manifestantes. Black Blocs e policiais se enfrentam e dão início a uma batalha campal. Lucrécia e Rico participam da confusão e fotografam a ação da polícia.
Geraldo, líder do sindicato, tenta conter os ânimos e sugere que não tentam invadir o palácio, contrariando todo o grupo. O delegado Santeiro (Raul Gazolla) e a investigadora Toninha (Bia Montez) vão até o lugar do atropelamento e dão o caso como acidente. Papudo é informado sobre a morte de Aldomar. Jornalistas entrevistam Papudo que nega a veracidade das imagens do vídeo e acusa Guido Flores pela divulgação do material. Renata e a filha visitam Papudo e aparentam estar tudo bem. Jornalistas ficam intrigados e fazem perguntas à Renata, que diz confiar no marido.
Ramos conta para Álcio que Aldemar morreu atropelado e ficam preocupados. Durante a manifestação, Soraya se machuca e é socorrida por Rico, que acaba mostrando o rosto. A polícia avança contra os manifestantes com gás lacrimogênio e bombas de efeito moral. Um policial consegue tirar o celular com as fotos das mãos de Lucrécia e quebra o aparelho. Lucrécia reage, mas é contida por Rico. Os dois fogem e se escondem em um beco, ficando muito próximos. 




Postado Por: Rafael Oliveira
Twitter: @FaeelOliiveira