segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

#MilagresDeJesus - Veja o que vai rolar no episódio de hoje "Dois Ladrões"


DOIS LADRÕES
Escrito por Vivian de Oliveira
Foto: Michel Angelo
Sinopse:
O episódio ‘Dois Ladrões’, conta a história dos irmão Gedeão (Cássio Scapin) e Zanoa (Eduardo Lago), que vivem como bandidos desde seus tempos de adolescência. Eles foram capturados pelo exército romano depois que Gedeão cometeu um de seus crimes mais terríveis, o assassinato de um garoto inocente, que depois foi ressuscitado por Jesus. 

Confinados no calabouço de Jerusalém, Gedeão e Zanoa aguardam pela sentença que em breve será promulgada e relembram os tristes fatos de sua vida, desde os tempos em que eram crianças. Toda sua infelicidade começa quando a mãe fica com lepra. 

Naquela época, os leprosos eram banidos da vida em sociedade e obrigados a viver nas pedreiras e cavernas, junto com outros exilados. A doença é escondida pela família por algum tempo, mas os moradores da vila acabam descobrindo e, furiosos, matam a pobre mulher e colocam fogo no casebre. 

Órfãos e desamparados, Gedeão e Zanoa começam a viver de esmolas, mas a humilhação e a fome seguem castigando-os a ponto de Gedeão tomar a triste decisão de se entregar a uma vida de crimes. Ao assaltar um mendigo aleijado, Gedeão se irrita com a reação da vítima e acaba acertando-o com uma paulada. 

No dia seguinte, corre pela cidade a notícia de que o homem morreu. É o primeiro assassinato do jovem bandido. Zanoa que, desde os tempos da mocidade, tem um coração mais bondoso do que o irmão, revolta-se com o crime e se separa de Gedeão, decidido a conseguir um trabalho e viver honestamente. 

Zanoa consegue o emprego na casa de um ferreiro, mas depois de alguns meses Gedeão o encontra e estraga tudo: rouba ferramentas do ferreiro e, ao ser confrontado, acaba por esfaqueá-lo. Com o patrão morto, Zanoa não tem alternativa senão acompanhar Gedeão para o deserto, onde praticam vários assaltos. 

Numa tarde, Gedeão decide atacar uma família de viajantes, pai, mãe e bebê recém-nascido, sem saber que se trata da sagrada família, José, Maria e o menino Jesus, que estão a caminho do Egito, fugindo da determinação de Herodes de matar todos os recém-nascidos da Galileia. 

Zanoa, com pena da família, decide impedir que o irmão lhes faça qualquer mal e derruba Gedeão. Depois deste ato inconsciente de bondade, Zanoa retorna à sua vida de crimes, acabando por matar um homem em legítima defesa. 

Torna-se um assassino como o irmão mais velho, mas sempre mantém um coração mais compassivo e aberto à fé e à possibilidade de regeneração. Presos no calabouço, Zanoa e Gedeão ouvem as notícias do mundo lá de fora, vindas da boca do carcereiro. 

Quando o dia amanhece, eles ficam sabendo que sua sentença está para ser promulgada. Gedão, endurecido pela vida, diz que o fim deles será sórdido e miserável como bem merecem. 

Já Zanoa tem uma visão mais otimista, algo lhe diz, no íntimo de seu coração, que Deus haverá de olhar por ele, assim como olhará por Jesus.

Este episódio vai ao daqui a pouco, às 22:30, logo após a novela Vitória 







Postado Por: Rafael Oliveira
Twitter: @FaeelOliiveira