segunda-feira, 22 de junho de 2015

“Domingo Espetacular” sai na frente e exibe reportagem que a Globo noticiava como “exclusiva”

Domingo Espetacular

A Rede Globo de Televisão noticiou uma matéria para ir ao ar no domingo anterior (14). A matéria era sobre o assassinato do Diretor comercial Luiz Eduardo de Almeida Barreto. A juíza do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo proibiu a Globo de exibir.

Enquanto a Globo tentava derrubar a liminar e conseguir exibir a matéria, que foi ao ar neste domingo (21), a Rede Record com sua equipe de jornalismo do Domingo Espetacular, mais uma vez saiu na frente. Com um bom trabalho jornalístico e sempre competente, o “Domingo Espetacular” exibiu mais cedo, a mesma reportagem e com maiores detalhes, inclusive com os mesmos depoimentos que a TV Globo, na semana anterior noticiava como sendo “exclusiva”.

Pelo jeito, a crise na Globo não é somente com a novela fracassada, Babilônia. No jornalismo o canal também começa a perder sua força. E também a credibilidade. Não somente com o telespectador, mas também com a justiça.

A Rede Globo reclamou, posou de vítima, mas não teve jeito. A Record chegou na frente. Ponto para o brilhante e ágil jornalismo da Record.

Os tempos são outros e a Rede Globo não tem mais o seu “Padrão Globo de Qualidade”. Ou será que nunca teve e ninguém tinha como saber? A verdade é que depois da internet, as pessoas não precisam dizer “amém” para tudo que a Globo reporta como sendo “informação”.

O monopólio da platinada está chegando ao fim, e ao que parece não vai parar por aí. Os próximos capítulos desta novela nos reserva grandes surpresas para algumas pessoas.

Agora, em se tratando de jornalismo, a Record continua imbatível. Dos melhores profissionais de jornalismo, a maioria está na Record, e em 99% dos casos consegue de forma imparcial, limitando-se a reportar um fato e não em manipular informação para tirar proveito disto.






Por: André Lima
Redação Portal Recordista