domingo, 16 de outubro de 2016

Record exibe "Queda das Muralhas" nesta segunda

Cena que vai ao ar na segunda-feira (17/10)
Foto:  Munir Chatack/Record


Aruna irá revelar para Josué, que era o "cavalheiro misterioso"
Foto: R7.com

Parte do elenco da novela
Foto: Edu Moraes/ Record


Depois de atravessar o Rio Jordão de maneira milagrosa, o povo hebreu contará novamente com o poder de Deus na importante missão de conquistar a Terra Prometida de Canaã. As gigantescas e imponentes muralhas, que cercam o reino de Jericó, deixarão de ser obstáculos ao desmoronarem diante do Exército de Israel. Sob a liderança de Josué, os guerreiros hebreus vão aproveitar esta intervenção divina para conquistar a cidade de Jericó, dando assim um importante passo na busca do território sagrado prometido por Deus.

Orientado pelo Senhor Altíssimo, o povo de Israel dará sete voltas em torno da cidade e, ao som das trombetas dos levitas, presenciará as muralhas ruírem à sua frente. Confiantes no poder divino, os guerreiros hebreus invadem a cidade de Jericó e tomam o palácio de Marek (Igor Rickli) e Kalesi (Juliana Silveira). Sob o comando do líder Josué (Sidney Sampaio), o povo hebreu conquista a cidade de Jericó.

Segundo o autor da trama, Renato Modesto, este momento marca o fim da primeira parte da novela e o começo de uma nova fase no folhetim,“A queda das muralhas marca o final da primeira fase da novela, que podemos chamar de "Fase Jericó", e dá início a uma nova fase, a "Fase Ai". Ai é o próximo reino que os hebreus vão enfrentar, com novos vilões, como o rei Durgal, o governador Kamir e o general Yussuf, e muitas aventuras até chegar o momento de uma nova e desafiadora batalha”, revelou. 

Para Renato Modesto, o momento da queda das Muralhas de Jericó tem um significado simbólico muito importante, “Acredito que a passagem bíblica da queda das Muralhas de Jericó, além de descrever um momento histórico, contém um forte simbolismo. Na minha opinião, as muralhas são uma representação dos obstáculos, dificuldades e desafios que todos encontramos em nossas vidas. Com coragem, perseverança e fé esses obstáculos podem ser superados, por mais intransponíveis que pareçam. Na novela, eu procurei transmitir essa mensagem de incentivo à confiança, à fé, à firmeza no Bem como caminho para a superação das dificuldades e para a conquista das vitórias que todos desejamos alcançar”, explicou Renato Modesto que ainda falou da complexidade da cena, “A queda das muralhas é um dos eventos mais aguardados da história e vai contar com uma grande produção, muitos figurantes, efeitos visuais de computação gráfica, muitas cenas de batalha, tudo para transmitir a grandiosidade do momento”, contou o autor.


A sequência destas cenas está prevista para ir ao ar a partir da próxima segunda-feira, dia 17 de outubro, a partir das 20h30.


Classificação indicativa: Programa recomendado para maiores de 12 anos.

Fonte: Assessoria de Imprensa da Rede Record.

Por Elthon Ribeiro
Twitter @elthonfribeiro


Portal Recordistas