sábado, 17 de dezembro de 2016

Erros e Acertos da Record - Retrospectiva - Parte Final

ACERTO EM 2016


A última análise da Retrospectiva 2016 sobre os erros e acertos da Record será parabenizar pelo grande acerto da emissora na dramaturgia que foi a novela "A Terra Prometida". 

A continuação do sucesso indiscutível de "Os Dez Mandamentos" está sendo maravilhoso, ótimos atores, histórias lindas, muita ação, romances, e vem muito mais até o fim da novela em Fevereiro de 2017.

A novela está ótimo na audiência, vice-líder isolada em todo o país, com três intervalos comerciais diários com grandes patrocinadores e elogiada pelo público, claro, não como "Os Dez Mandamentos", mas está mantendo a audiência e enfrentando muito bem as novelas infantis do SBT.

Em 2017, a emissora prepara o "Rico e o Lázaro" e "Apocalipse", envolvendo fatos marcantes da Bíblia Sagrada, vale a pena aguardar.


ERRO EM 2016



Outro erro da Record em 2016 foi a exibição das Olimpíadas do Rio sem a grande estrutura como foram as Olimpíadas de Londres em 2012.

A Record poderia ter ousado e repercutido mais, realizando transmissões com a presença de mais artistas da emissora, além de Fábio Porchat. Outros eventos poderiam ter sido mais explorados, estúdios maiores, programas especiais e reportagens aprofundadas.

A emissora teve seus pontos positivos como: furos em entrevistas com atletas, algumas transmissões melhores que as concorrentes como Globo e SBT, várias horas de exibição do evento e etc.

Só que depois da Olimpíada do Rio, a Record só transmitirá um grande evento em 2019, os Jogos Pan-americandos de Lima, no Peru, ficando ocioso o seu espaço para o esporte, que fatura bastante,apesar da emissora não ter tradição no gênero.


Por Elthon Ribeiro
Twitter: @elthonfribeiro

Portal Recordista