sábado, 12 de novembro de 2016

Programação infantil é cada vez menor na Record

Picapau é a única atração infantil na Record


A Rede Record aboliu há muito tempo um espaço considerável da grade de programação para a programação infantil e nem tem previsão de voltar a investir nesse público.

Atualmente, a emissora exibe apenas Picapau e sua turma nos sábados à tarde e nos domingos pela manhã, apenas para a faixa local de São Paulo e afiliadas sem programação local, tendo muitas vezes um ou dois intervalos comerciais. É usado para “tapar o buraco” e subir a audiência da programação religiosa (muito baixa) a qual recebe.

No passado recente, o desenho alcançava ótimos índices e chegou a liderar contra várias atrações da TV Globo, em diversos horários. Entretanto, além de Picapau, exibia Garfield, Pantera Cor-de-Rosa, Wolverine e outros desenhos da Marvel.

Na minha opinião, a emissora poderia exibir desenhos e séries infanto-juvenis, além dos sábados e domingos, durante a semana na faixa do Cidade Alerta Nacional para as afiliadas, antes da programação local, ou em horários estratégicos, poderia subir a audiência no horário e ajudar no PNT (Painel Nacional de Televisão) que o IBOPE mede em 15 praças.

No fim de ano, a Record exibirá episódios especiais de Picapau e Todo Mundo Odeia o Chris (no Natal e Ano Novo), como ocorre há vários anos. Todo Mundo Odeia o Chris também já foi exibido exaustivamente pela Record, em diversos horários e alcançando uma audiência satisfatória, entretanto, já cansou o público e a emissora poderia exibir outra série (inédita ou não).

O que se percebe é uma preguiça, comodismo ou apenas economia por parte da Record, deixando esse público para a TV Paga, SBT e Cultura, emissoras que investem no gênero.

Por Elthon Ribeiro
Twitter: @elthonfribeiro