segunda-feira, 12 de dezembro de 2016

Deus fala com Josué e avisa que existe um pecador entre o povo de Israel, veja o que vai acontecer



Deus fala com Josué e avisa que existe um pecador entre o povo de Israel, veja o que vai acontecer

Capítulo 114 – 12 de dezembro – segunda-feira
Maquir é pego pelas crianças tentando matar Talmal. O guerreiro disfarça. O gigante acorda e conversa amigavelmente com as crianças. Zaíra prende Kira em uma gaiola. Raabe agradece o apoio e compreensão de Josué. Jéssica olha a cananeia com ódio. Acã dá ouro para Melquias pagar o combinado à Raabe. As crianças dizem acreditar no gigante. Lila dá um beijo em Talmal. Melquias chantageia Jéssica e pede um beijo para ela. Sem alternativa, a moça beija o guerreiro. Abel aceita se vestir de Soldado Mascarado. Adélia e Elias ajudam Neziá a se cuidar para ficar mais bonita. Tobias encontra com Samara e diz que já sabotou as armas de Zaqueu. Josué e os outros guerreiros planejam a invasão ao reino de Ai. O líder avisa que apenas os mais jovens irão e que Salmon comandará as tropas. Tobias se finge de bom moço e entrega as armas sabotadas para Zaqueu. Gibar leva Acsa para o celeiro e tenta beijá-la a força. Ioná aparece e manda que ele a solte. Tiléia fica preocupada sem ter notícias de Kira. Kamir alerta Durgal para a superioridade do exército hebreu. Zaqueu conversa com Chaia e fala sobre as armas feitas por Tobias. Haniel se declara para Tirda e ela concorda em voltar para casa. Kamir e Ravena fazem planos para derrotar Durgal. Tiléia se desespera ao descobrir que Kira foi capturada por Zaíra. Livana beija Rune e diz que já é hora de terem uma noite de núpcias. Pedael dá conselhos de guerra para Temá e Isaque. Neziá aparece deslumbrante e Pedael olha com admiração. Laís encontra Calebe voltando para tenda sozinho e se declara para ele. Ela pede um beijo, mas o chefe tribal a repreende e diz que jamais trairia Noemi. Laís fica arrasada e diz para si que o guerreiro irá se arrepender. Isaque e Temá pressionam Adélia para que ela dê logo a resposta. Finalmente a moça avisa que escolherá Temá para se casar. Eles se beijam e comunicam o noivado para Mibar. Salmon pede Raabe em casamento. Darda diz que Otniel não está preparado para deixar sua tenda. Salmon se despede de Raabe e ela o deseja sorte na batalha do dia seguinte. Finéas se abre com Eleazar e diz querer participar da guerra. Josué reúne a família de Aruna e diz que se casará com a moça depois da vitória de Israel sobre Ai. Léia tenta acalmar Samara. Aruna começa a dançar de felicidade. Livana e Rune comemoram o sucesso da noite de núpcias. Otniel foge da tenda de Darda. O exército hebreu se prepara para deixar o acampamento em direção ao reino de Ai. Josué discursa para os guerreiros. Acã manda os filhos ficarem de olho nas riquezas do reino inimigo. Adélia se despede de Temá. Samara dá as últimas orientações a Abel. Zaqueu se despede de Chaia enquanto Tobias observa. Calebe diz para Iru ter cuidado. Jéssica fica furiosa ao ver Salmon e Raabe se beijando. O exército hebreu segue para a guerra.

Capítulo 115 – 13 de dezembro – terça-feira
O exército hebreu caminha para a guerra contra o reino de Ai. Alguns sacerdotes carregam a Arca da Aliança. Salmon, Zaqueu e Quenaz seguem logo atrás, conduzindo o exército. Darda sai correndo para avisar a Josué sobre o sumiço de Otniel. As mulheres hebreias oram para seus filhos e maridos. Otniel segue com o exército, infiltrado entre os guerreiros. Aruna diz que Josué está confiante na vitória do povo de Israel. O líder e os chefes tribais fazem planos após a vitória contra Ai. Eleazar alerta Josué e avisa que não podem tomar decisões sem consultar o Senhor. Elias presencia Jéssica falando mal de Salmon para Mara e questiona a filha. Eliazafe se abre com Setur e diz já não ter mais as habilidades de um jovem guerreiro. Jéssica encara Elias e mantém a postura contra Salmon e Raabe. Tirda diz ter orgulho de Haniel. Durgal se desespera ao ser avisado sobre a aproximação do exército de Israel. Melquias e Gibar reclamam das dores e coceiras. Eles fazem planos para roubar as riquezas de Ai. Maquir tenta se aproximar de Livana, mas ela diz sentir nojo dele. Boã diz estar preocupado com a demora de Ruth em engravidar. Desesperado, Durgal questiona os feitiços de Ravena e diz que nada funciona em seu reino. O exército hebreu segue na direção de Ai. Otniel caminha escondido entre os guerreiros. Os moradores de Ai ficam assustados com a aproximação do povo inimigo. Tiléia, Orias e os Lagartos saem em busca de um esconderijo. Antes de deixar a hospedaria, Zaíra vai até o quarto para buscar Kira. Elói diz não aguentar mais viver sob o mesmo teto de Mara. Kalu consegue libertar Kira das garras de Zaíra. Aprisionado, Talmal conversa com as crianças do acampamento. Darda aconselha Ruth a se acalmar e aguardar a hora certa para engravidar. Tiléia nota que Orias sumiu. Rune e Livana fazem planos para o futuro. O exército hebreu avança em direção à entrada da cidade. Amedrontados, os moradores correm tentando se esconder. Os guerreiros de Israel arrombam os portões de Ai. Yussuf grita tentando incentivar os soldados. Melina conversa com Najara e diz que o momento é propício para uma fuga. Com medo, Durgal lamenta a chegada do povo inimigo. Kalu aconselha Tiléia a pedir proteção ao Senhor dos hebreus. Salmon e Quenaz lutam com soldados cananeus e alguns moradores. Kamir chega e começa a lutar com Salmon. Yussuf consegue matar um guerreiro hebreu. Salmon estranha a dificuldade em vencer os homens de Ai. Chaia pede para Deus proteger seu marido. Kamir ordena que os oficiais continuem lutando contra os hebreus. Tobias tem dificuldade em vencer um soldado inimigo. Yussuf luta com Zaqueu. O arqueiro se assusta ao ver que suas armas não estão suportando o combate. Tobias observa e sorri vitorioso. Yussuf, com um único golpe, consegue quebrar a espada de Zaqueu. O general então enterra a espada no peito do arqueiro. Tobias fica satisfeito.

Capítulo 116 – 14 de dezembro – quarta-feira
Yussuf, com um único golpe, consegue quebrar a espada de Zaqueu. O general então enterra a espada no peito do arqueiro. Tobias fica satisfeito. Salmon se aproxima e tenta amparar o companheiro. Desesperado, ele pede ajuda a Tobias. O Monstro Hebreu se aproxima, finge preocupação e pede para outros guerreiros ajudarem Zaqueu. Tiléia conversa com Kira e tenta explicar sua situação com Arauto. Gibar e Melquias entram na hospedaria e roubam o ouro de Zaíra. Desesperado, Durgal ordena que os súditos formem uma barreira diante dele. O soberano pede para Arauto fingir ser o rei caso os hebreus cheguem à sala do trono. Josué demonstra preocupação devido à conversa que teve com Eleazar. O líder pede para Elói avisá-lo assim que avistar os guerreiros hebreus retornando. O exército de Israel começa a levar a pior na batalha. Salmon avisa que é preciso recuar. Yussuf provoca Iru e consegue desarmar o jovem guerreiro. Isaque e Temá se mostram surpresos com a derrota. Orias encontra com Salmon e pede para dar um recado à Milah. O guerreiro aconselha Orias a retornar para o acampamento. O sapateiro avisa que não pode voltar para Gilgal. Yussuf desiste de matar Iru e decide aprisionar o guerreiro hebreu. Zuma tenta correr para socorrê-lo, mas é impedido por outros soldados cananeus. O exército de Israel abandona o reino de Ai. Desacordado, Zaqueu é levado por outros guerreiros. Kamir chega até a sala do trono e avisa que estão derrotando os hebreus. Ravena diz que seus deuses jamais os abandonariam. O prefeito avisa que irão atrás dos hebreus para aproveitarem o momento e guerrearem em campo aberto. As mulheres hebreias aguardam ansiosas pelos guerreiros. Iru é levado para a masmorra do palácio. Durgal avisa que partirá com os oficiais em busca dos guerreiros hebreus que fugiram. Alguns chefes tribais criticam a estratégia usada por Josué. Salmon e Quenaz avisam que precisarão enfrentar os soldados de Ai para conseguirem retornar ao acampamento. Sem saber que se trata de Abel, eles avistam o Soldado Mascarado. Salmon pede para um hebreu retornar sozinho à Gilgal para avisar a Josué sobre a situação crítica do exército de Israel. Os hebreus ficam encurralados. O exército de Ai se aproxima. Tobias e Zuma estranham a resistências dos soldados inimigos. Antes de chegar à Gilgal, o guerreiro enviado por Salmon é atingido por uma flecha e cai morto. Durgal se gaba por ter executado o inimigo. Quenaz avista Otniel e corre para perto do filho. Ele se distrai e acaba sendo atingido por um cananeu. Otniel luta bravamente. Ferido, Quenaz admira a coragem do rapaz. O chefe tribal agoniza e morre nos braços do filho. Orias encontra Tiléia e avisa que os hebreus estão sendo derrotados. Salmon manda os guerreiros recuarem e abandonarem a batalha. Temá se distrai e é atingido por Kamir. O jovem guerreiro cai desacordado. Isaque corre para tentar ajudar o irmão. Durgal comemora a vitória e acaba ferindo um membro da própria corte com sua espada. Kamir e Yussuf também celebram o triunfo. Zaíra percebe que roubaram todo seu ouro. Elói avista a chegada dos guerreiros hebreus e corre para avisar a Josué. Melina se desespera ao saber que Yussuf capturou Iru. Elói avisa à Noemi sobre a aproximação do exército de Israel. Calebe e Josué avistam o Soldado Mascarado e estranham a presença do cavaleiro enigmático. Feridos e derrotados, os guerreiros hebreus chegam ao acampamento.

Capítulo 117 – 15 de dezembro – quinta-feira
Feridos e derrotados, os guerreiros hebreus chegam ao acampamento. Josué se surpreende ao saber do resultado da guerra. Acã critica a estratégia de Josué. Calebe se desespera ao ver o corpo de Quenaz. Durgal avisa que desfilará pela cidade para comemorar a vitória. Ravena e Kamir planejam o assassinato do rei. A feiticeira leva o prefeito até o templo do palácio e mostra uma capa envenenada. Yussuf obriga Melina a castigar Iru. A moça não consegue. O general então começa a chicotear o jovem guerreiro. Noemi sofre sem ter notícias do filho. Josué e os líderes tribais soltam um grito de dor lamentando a derrota. Acã reúne alguns hebreus e discursa contra Josué. Abel avisa que se vestiu de Soldado Mascarado e Samara fica satisfeita ao saber que o rapaz cumpriu com o combinado. Inês conversa com Aruna e diz que é preciso ter fé no Senhor. Melina se abre com Ula e lamenta a atitude de Yussuf. Najara observa. Na masmorra, Iru se lembra da família e mostra arrependimento. Deus fala com Josué e avisa que existe um pecador entre o povo de Israel. O Senhor diz que algumas riquezas foram roubadas durante a invasão à Jericó. Josué então avisa que o pecador será punido e apedrejado com toda sua família. Kamir encontra com Ula e engana a esposa. O prefeito pede para ela entregar a capa envenenada para presentear o rei Durgal. Zuma procura Calebe e avisa que viu Iru ser preso em Ai. Kira e os Lagartos ficam satisfeitos ao saberem que Arauto quer morar com todos eles. Noemi acalma Calebe e fala sobre os perigos de seguir sozinho para o reino inimigo. Melquias e Gibar entregam o ouro roubado em Ai para Acã. Eles estranham a coceira que não para. Noemi, Acsa e Calebe amparam Otniel. Jéssica vê Salmon abraçado com Raabe e ofende o guerreiro. Pedael se preocupa ao saber que Temá foi ferido gravemente. Durgal se prepara para desfilar pelo reino. Chaia chora ao lado de Zaqueu, que permanece desacordado. Darda avisa que Temá não aguentará por muito tempo. Ula entrega a nova capa para Durgal, que fica satisfeito com o presente. O rei deixa o palácio e segue para o cortejo pela cidade. Léia recebe notícias de Tobias. Na tenda de Darda, Temá morre nos braços de Pedael. Isaque e Adélia choram. Durgal segue saudando o povo durante o cortejo. Kamir mostra ansiedade, mas Ravena manda ele ter calma. Josué pede para Elói deixa-lo sozinho. Yana se esconde ao perceber a aproximação de Quemuel e Léia. Durgal começa a sentir uma queimação na pele e grita de dor. Arauto tenta ajudar o soberano, mas é tarde demais. O mensageiro avisa que o rei está morto. Kamir e Ravena observam satisfeitos.

Capítulo 118 – 16 de dezembro – sexta-feira
O corpo de Durgal é velado na sala do trono. Melina lamenta a morte do tio. Ravena olha o corpo e não resiste, sorri satisfeita. Arauto diz que sentirá falta do rei. Quemuel e Léia deixam a tenda hospital e Yana para de se esconder. Darda observa e questiona sua atitude. Acã diz que não seguirá as ordens de Josué e não se santificará. Kamir conversa com Ravena e diz não confiar cem por cento em Yussuf. Isaque consola Pedael, enquanto Mibar ampara Adélia. Calebe conversa com Noemi e diz que precisa arrumar um bom disfarce para resgatar Iru em Ai. Zaqueu acorda e recebe os cuidados de Chaia. Com o objetivo de se santificar, Haniel assume seus erros e se desculpa com os familiares. Laila também pede perdão por seus defeitos. Kamir e Ula assumem o trono de Ai. Aruna estranha a presença do Soldado Mascarado no campo de batalha. Léia e Samara falam mal de Aruna. Kamir arma para Ula e a acusa de ter matado Durgal. O prefeito manda os guardas prenderem a esposa nas masmorras. Melina se desespera e implora pela liberdade de sua mãe. Elói avisa que existe um traidor entre os hebreus. Josué ora a Deus. Elói se declara para Ioná. Melina procura Kamir e diz que ele não pode matar Ula. Salmon vai até a tenda de Raabe e avisa que Orias está no reino de Ai. Kamir diz não sentir nada pela esposa e filha. Melina implora pela ajuda de Yussuf. Sama ajuda Ruth a se reanimar. Nobá diz que trará Orias de volta. Yana se abre com Darda e revela que Quemuel é o verdadeiro pai de Aruna. Tobias finge estar preocupado com Zaqueu. Deus revela o nome do traidor para Josué. Ioná e Elói estranham a ausência de Mara. Em conversa com Gibar, Melquias avisa que Acã saiu cedo de casa. Mara e o vilão se encontram às escondidas no celeiro. Acã retorna para sua tenda e se mostra animado com a reunião marcada por Josué. No palácio, Yussuf se assusta ao ver que Ula fugiu da masmorra. Josué discursa para seu povo e avisa que tantas mortes foram causadas pelo pecado de um homem. Acã e os filhos se olham assustados.


Classificação indicativa: Programa recomendado para maiores de 12 anos.

A novela "A Terra Prometida" vai ao ar às 20h40, de Segunda a Sexta, na Record, logo após "Escrava Mãe". É do autor Renato Modesto e direção de Alexandre Avancini. A previsão de término é para Fevereiro de 2017. 

Por Elthon Ribeiro
Twitter: @elthonfribeiro