sexta-feira, 13 de janeiro de 2017

Saiba as novidades da #RecordTV desta quinta-feira no "Resumo do dia"

             

PROBLEMAS DE SAÚDE

Wagner Montes, apresentador do "Cidade Alerta Rio" está sofrendo problemas de coluna, por isso está comandando o jornalístico sentando na bancada, por causa das fortes dores. 

No ano passado, Wagner passou alguns meses de licenças e férias vencidas, tratando de diversos problemas pessoais. Na segunda, ele foi substituído por Ernani Alves, pois não aguentou as dores.

O Cidade Alerta marca 10 pontos e é uma das maiores audiências do jornalismo local da Record TV do Rio de Janeiro.                   

PROGRAMAÇÃO NOTURNA

"A Escrava Isaura" vem marcando uma ótima audiência, apesar de ser a quarta reprise em 13 anos, o tema escravidão conquistou os telespectadores. E a série de aventura "Sem Volta" vem cravando 6 pontos, apesar do período e horário ingrato. E logo após a CSI, que todo dia, menos na sexta, apresenta dois episódios inéditos, está com audiência dentro da meta.

TALENTO

O apresentador Alexandre Furtado do Balanço Geral Litoral/Vale está muito bem no comando do jornalístico. Veja alguns trechos da sua apresentação de ontem (12/01).




AUDIÊNCIA

Na Bahia, a estreia de "A Escrava Isaura" marcou 15 pontos de média, já no Recife, cravou 17 pontos. Ambos na vice-liderança isolada de audiência no horário.





POLÊMICA


A jornalista Fabélia Oliveira, do programa “Sucesso no Campo”, da TV Record de Goiás, não gostou do samba enredo deste ano da Imperatriz Leopoldinense.

Ela se indignou com o tema. “Xingu, o Clamor que Vem da Floresta! faz críticas ao agronegócio. Fala que o “belo monstro” (corruptela de Belo Monte) “rouba as terras, devora as matas e seca os rios”.

Na televisão, Fabélia chamou de heróis “os produtores que trabalham de sol a sol” para alimentar a população. “Que conhecimento eles [os autores] têm para falar do homem do campo? Para falar do índio, da floresta?”

Ela é favor de que se preserve a cultura dos silvícolas, mas com ressalvas: “se o índio for original”.

Veja a declaração da jornalista


Deixar a mata reservada para comer de geladeira não é cultura indígena, não. Eu sinto muito. Se ele quer preservar a cultura ele não pode ter acesso à tecnologia que nós temos. Ele não pode comer de geladeira, tomar banho de chuveiro e tomar remédios químicos. Porque há um controle populacional natural. Ele vai ter que morrer de malária, de tétano, do parto. É… a natureza. Vai tratar da medicina do pajé, do cacique, que eles tinham. Aí justifica.
De acordo com o site Outras Palavras, Fabélia é “ligada ao setor”. A emissora podia esclarecer o que isso significa. Vai além do patrocínio do horário?”.





SUCESSO

O "Balanço Geral SP" com Reinaldo Gottino, Fabíola Reipert e Renato Lombardi anda muito bem na audiência nos primeiros dias de 2017, apesar das tentativas do SBT e da Globo, em combater a atração.

Na semana passada (02 a 06), o programa teve o melhor início de ano de todos. Foram 9 pontos de média semanal, além da liderança absoluta com o quadro “A Hora da Venenosa”, que por sinal em 2016 realizou um feito histórico: pela primeira vez, encerrou o ano à frente da Globo, com um placar de 10 pontos contra 9,6 do “Vídeo Show”.  




GRAVAÇÕES

As gravações de "Belaventura" começarão após o Carnaval, em março. A estreia está prevista para o mês de junho. O elenco está fechado. Enquanto isso, segue "A Escrava Isaura".





                                               Por Elthon Ribeiro
Twitter @elthonribeiro