quarta-feira, 25 de abril de 2018

Record TV e Record News utilizam a chamada transmídia e convergência em seus telejornais



As emissoras Record TV e Record News utilizam da chamada transmídia e convergência em seus telejornais. A Record lançou o “JR Online” em 2016 com duração de 30 minutos, em que os apresentadores Adriana Araújo e Celso Freitas  na edição especial para o meio online, conversa com os espectadores nas redes sociais, comenta as notícias do dia, responde perguntas e detalha como as matérias foram produzidas (bastidores). O jornal complementa a edição tradicional veiculada na televisão e estabelece uma comunicação mais próxima com o seu público.

Para Antonio Guerreiro, Superintendente de Estratégia Multiplataforma da Record, “a edição transmídia do JR Online propõe uma comunicação direta entre o telespectador/internauta/usuário e a bancada do JR.

A Record News conta com o primeiro telejornal transmídia da América Latina. Desde 2011, o Jornal da Record News, apresentado e editado por Heródoto Barbeiro, veicula as atrações que irão ao ar no telejornal bem antes no Portal R7.com, em que os internautas podem ver os bastidores e os comentários dos apresentadores sobre as pautas. Durante o telejornal é possível estabelecer a comunicação com os apresentadores em tempo real, através das redes sociais como Facebook, Twitter, em que os comentários dos telespectadores são lidos e debatidos durante a edição. Nos intervalos comerciais, o telejornal continua mostrando os bastidores e após o fim do Jornal da Record News, em torno de 15 minutos, os apresentadores e comentaristas aprofundam ou discutem temas mais importantes da edição, de forma exclusiva para o meio online.


Em março de 2018, o telejornal "Fala Brasil" nas manhãs da Record TV lançou um projeto de interatividade inédita, em que o telespectador poderá escolher entre duas reportagens, qual será exibida primeiro, abrindo o bloco. Antes de ir para um dos intervalos, as apresentadoras Carla Cecato e Roberta Piza anunciam duas matérias e abrem votação no site da Record TV, que fica aberta para o público durante seis minutos de comercial. Imediatamente na volta, o resultado é dado e a reportagem escolhida, exibida.

É necessário ir além, renovar os cenários dos telejornais, investir mais na interatividade com o telespectador nas redes sociais e no meio online, apostar mais no "ao vivo" e na informalidade, sem deixar de lado a credibilidade e a informação com qualidade.

Para 2019 estão previstos mudanças no visual do "Jornal da Record" que desde 2009 conta com o mesmo cenário, naquela época era apresentado por Ana Paula Padrão (hoje na Band) e Celso Freitas.


Clique na foto e siga o Portal no Instagram


Jornalista diplomado pela Universidade Estadual da Paraíba. (UEPB).Email: thon.ferreira@hotmail.com.  Twitter:@elthonribeiro