Programa da Sabrina

Todas as novidades sobre a estreia de Sabrina Sato na Record

Vitória

Tudo sobre a nova novela da Record

Conselho Tutelar

Tudo sobre a nova série da Record

Audiências da Record

Confira as audiências da emissora

Breaking Bad

Tudo sobre a série mais aclamada de todos os tempos

23 abril 2014

Pedro Caetano é mais um nome confirmado em “Vitória”, nova novela da Record
























Com uma carreira promissora no cinema e no teatro, que inclui participações de destaque como nos filmes Disparos”, roteirizadodirigido por Juliana Reis e “Léo e Bia” com texto e direção de Oswaldo Montenegro, o jovem e talentoso ator Pedro Caetano é mais um nome confirmado no elenco de “Vitória”, nova novela da Record onde dará vida ao segurança Pedro 1, que ao lado de Pedro 2 estarão a disposição de Laíza, personagem interpretada pela atriz Aline Borges.

Pedro que é ator formado pelo grupo “Nós do Morro” e já participou da Oficina de Atores da Globo, fará em “Vitória” o seu segundo trabalho na Record, onde também atuou na novela “Luz do Sol”, dando vida ao jovem Guiga, que ao lado de Bernardo, vivido por Thiago Gagliasso tinha uma fábrica de pranchas, a Ondas Radicais. Atualmente além da novela, o ator segue em cartaz no Teatro Renault com o premiado e elogiado espetáculo “O Rei Leão”. “Vitória” tem previsão de estreia para junho em substituição a “Pecado Mortal”.

Texto por Luciano Andrade - @luccandrade

© Todos os direitos reservados

Leia também: 

Casal de “mocinhos” de “Vitória”, nova novela da Record, irá muito além do convencional















De um lado um homem bonito, determinado e de bom coração, do outro uma linda jovem que não mede esforços para conseguir realizar os seus sonhos. Juntos Artur, vivido pelo ator Bruno Ferrari e Diana, interpretada pela atriz Thaís Melchior viverão uma linda história de amor em “Vitória”, nova novela da Rede Record de autoria de Cristianne Fridman e direção geral de Edgard Miranda.
A princípio, ambos parecem ser mais um casal de pombinhos prestes a embalar o romance de uma próxima telenovela que o público acompanhará durante alguns meses. No entanto, Diana e Artur serão muito mais do que apenas dois jovens apaixonados que vão sonhar em se casar e viver felizes para sempre. Diferente de tudo o que vem sendo mostrado nos últimos anos nas novelas, eles terão muitas particularidades, além do desafio de vencer os seus medos e pagar pelas consequências das suas próprias escolhas.
Embora seja jovem, Diana terá temperamento forte e não dará o braço a torcer em nenhuma de suas decisões, fugindo totalmente das mocinhas indecisas e passivas dos folhetins tradicionais. Inclusive, chegará ao ponto de sair de casa e ir para a moradia do seu grande amor, atitude essa típica de personagens mais rebeldes e inconsequentes, como as vilãs, por exemploSó para se ter uma ideia, ela não se dará bem com o pai, que por machismo nunca acreditou em seu potencial como joqueta, mas sempre sonhou em ver o filho Mossoró, vivido por Ricky Tavares, como um jóquei de sucesso. 

Decidida a realizar seu maior sonho que é ser uma grande joqueta, ela crescerá participando de corridas disfarçada como homem para que não seja reconhecida pelo pai. Tinhosa e esforçada, ainda se orgulha do fato de ter concluído a escola de jóqueis sem que o seu pai Gregório, vivido pelo ator Antônio Grassi soubesse de nada.
O único que conseguirá domá-la será Artur que com seu jeito simples, atencioso e compreensivo, logo a deixará encantada. Diferente de qualquer outro homem que ela já tenha conhecido, Artur será um porto seguro para Diana, que só se sentirá feliz ao seu lado.
No entanto, assim como Diana, Artur também terá características mais humanizadas, se distanciando do perfeitinho mocinho convencional, a começar pelo fato de ser paraplégico, prática essa pouco comum aos protagonistas de novelas brasileiras, uma vez que na maioria das vezes os personagens se tornam cadeirantes por serem vilões e logo tal fato é apresentado como forma de castigá-los, o que diga a egoísta Luciana, interpretada por Alinne Borges em “Viver a Vida”, o homofóbico Doutor César, vivido por Antônio Fagundes em “Amor à Vida” e atualmente, a vilãzinha Dani, personagem da atriz Carolina Chamberlain em “Chiquititas”, que após inúmeras maldades se tornam cadeirantes e ganham a tão esperada redenção.
Além da condição física, Artur se diferenciará pelo seu lado obsessivo e vingativo. Rejeitado pelo homem que o criou e que acreditava ser seu pai, após sofrer um acidente que o deixou paraplégico aos 12 anos, ele guardará mesmo depois de 20 anos muita mágoa e rancor pelo suposto pai. Justiceiro, ele tentará a todo custo atingir Gregório e já nos primeiros capítulos colocará fogo na cocheira da fazenda do ex-marido de sua mãe e pai de sua amada, mostrando a que veio.
Quer saber como será o desenrolar de toda essa história? Então não perca “Vitória”. A trama tem previsão de estreia para junho em substituição a “Pecado Mortal”. Imperdível!

Texto por Luciano Andrade - @luccandrade
Colaborou: Maressa Villa Real - @maressavilareal
© Todos os direitos reservados

Leia também: 

22 abril 2014

Conheça Quim, personagem do ator Gustavo Leão em “Vitória”, nova novela da Record



Visto recentemente na minissérie bíblica “Milagres de Jesus”, quando deu vida ao jovem Rafael que perde os pais ainda criança, fica tetraplégico, mas é curado por Jesus Cristo no episódio intitulado “A Cura do Servo do Centurião”, o jovem e talentoso ator Gustavo Leão está prestes a voltar ao ar na nova novela da Rede Record e em grande estilo.


Escalado para “Vitória”, trama escrita por Cristianne Fridman e com direção geral de Edgard Miranda, Gustavo terá nesse novo trabalho nas telinhas, algumas particularidades em sua carreira, a começar pelo fato de ter o privilégio de dar vida ao seu primeiro vilão na TV, aonde é conhecido pelos seus inúmeros mocinhos.

No folhetim ele dará vida ao Joaquim Pereira, mas conhecido como Quim, jovem, bonito, filho do primeiro casamento de Edu, interpretado pelo ator Cláudio Gabriel. Vai viver no Rio de Janeiro com a mãe, mas passará os fins de semana em Petrópolis na casa do pai e de sua madrasta Renata, vivida pela atriz Maytê Piragibe. Acabará se envolvendo com um grupo neonazista que perseguirá negros, homossexuais e nordestinos, formado por Paulão (Marcos Pitombo), Bárbara (Liége Müller), Enzo (Raphael Montagner) e liderado por Priscila, interpretada pela atriz Juliana Silveira, que também dará vida a sua primeira vilã. A trama marcará o reencontro dos dois que atuaram juntos em “Floribella” na Band, nove anos atrás.

“Vitória” tem previsão de estreia para meados de junho em substituição a “Pecado Mortal” de Carlos Lombardi. O elenco ainda é formado por muitos atores conhecidos do grande público como Lucinha Lins, Beth Goulart, Jonas Bloch, Leonardo Vieira, Heitor Martinez, Rafaela Mandelli, Roberta Gualda, Letícia Medina, Gustavo Ottoni, Flávia Monteiro, André Di Mauro, entre muitos outros.

Texto por Luciano Andrade - @luccandrade
© Todos os direitos reservados


Estreia de #AprendizCelebridades é marcada por eliminação sem demissão



E eis que tão anunciado Aprendiz Celebridades ou quase isso começa com uma dinâmica interessante. Dentro de um circo. O primeiro teste foi avaliar administração do tempo e processo criativo em uma situação de pressão com um público assistindo. Para quem é do meio artístico, teoricamente seria mais fácil. Mas o que se viu foi um festival de micos. O que não deixa de ser interessante para a gente que assiste.

Alexia Dechamps foi a eliminada mas não demitida do programa. Segundo os conselheiros por passar o tempo se justificando dos erros.

A princípio ficou uma dúvida no ar: Precisava mesmo eliminar um participante logo de cara?

Ainda é cedo para dizer se o programa vai vingar ou não. Mas é uma tentativa válida para manter de pé um formato já desgastado pelo tempo.












A princípio foi uma boa estreia com Roberto Justus implacável e direto como sempre.

Além da presença muito bem humorada de Cacá Rosset como um dos conselheiros.

Vale continuar assistindo a essa edição e acompanhar o jogo entre as "Celebridades" para ver os seus respectivos desempenhos.

André Lima











“Pecado Mortal”: Picasso confessa farsa e desejo de tomar o domínio do morro do Pinguim


























Finalmente o mistério em torno do “novo” Picasso chegará ao fim em “Pecado Mortal”. Ele que vinha apresentando um bom comportamento nas últimas semanas deixando o público com uma pulga atrás da orelha, demonstrará nos próximos capítulos que tudo não passou de pura encenação, revelando inclusive o seu desejo de tomar para si o domínio do Morro do Pinguim.  Confira abaixo com exclusividade os fatos que marcarão os próximos passos do vilão na trama!

Picasso deixa claro para Carlão que aconteceu algo entre ele e Patrícia. Carlão fica enfurecido de ciúmes e parte para cima, golpeando Picasso a cada provocação. Helena pede ajuda de Baldochi e ele aparta briga. Carlão grita furioso e diz que Picasso está fingindo ser uma pessoa melhor. Picasso é levado para o hospital e Carlão vai preso.  Picasso é levado até delegacia para prestar queixa, e se mostra fragilizado após briga com Carlão. Ele diz que provocou as reações de Carlão, mas assina acusação de agressão. Carlão fica a sós com Picasso e ele dá gargalhada, comprovando que mudança é uma grande farsa.

Carlão confessa para Otávio que está com medo de ser preso. Picasso se faz de vítima e diz para Patrícia que não queria brigar com Carlão. Juiz declara prisão preventiva de Carlão, deixando-o inconsolável. Ele pede para que Otávio cuide das crianças e diz que tentará sair da prisão quanto antes. Os dois se abraçam, muito emocionados. Patrícia questiona Carlão sobre o que aconteceu. Ele diz que Picasso insinuou que ela dormiu com ele e que os dois estavam juntos. Patrícia se recusa a acreditar que Picasso esteja fingindo e Carlão esmurra mesinha, furioso. Patrícia cobra explicações sobre casamento com Dorotéia e ele diz ser parte de um plano para recuperar o morro. Patrícia se emociona quando Carlão diz que a ama e que a amará até o fim.

Picasso vai atrás de Michele e diz que comandará morro do Pinguim e que tomará o lugar dos Vêneto como governantes do morro. Michele fica confuso e diz não saber quem ele é. Picasso confessa para Monet e Caravaggio que jeito de bom moço era farsa e deixa Caravaggio chocado. Picasso pede ajuda de Caravaggio e Monet para roubar o morro dos Vêneto, deixando-os chocados. Picasso planeja invasão falsa em que ele salvará o morro e conquistará confiança dos moradores. Caravaggio e Monet se disfarçam e preparam invasão da fazendinha. Picasso recebe telefonema avisando de ataque à fazendinha. Ele finge estar aflito, rouba arma de Baldochi e diz que precisa salvar Michele. Cavaraggio e Monet surpreendem Getúlio, Lívia, Laura e Norma na fazendinha, fingindo assalto. Silvinha escapa sem ser notada por eles. Picasso invade fazendinha conforme plano e aborda Caravaggio e Monet. Picasso diz para Patrícia que fugiu para defender seu pai do ataque dos bandidos.

Texto por Luciano Andrade - @luccandrade
© Todos os direitos reservados

21 abril 2014

“Extremamente calculista”, diz Raphael Montagner sobre Enzo, um dos neonazistas de “Vitória”


Sempre que ouvimos referência à palavra neonazismo, logo nos vêm a cabeça as tristes imagens do nazismo alemão, surgidos nos anos 30 e liderado por Adolf Hitler, onde a superioridade da raça ariana era colocada como predominante sobre os denominados “impuros”, isto é, negros, judeus, ciganos, homossexuais, que acabou culminando inclusive, na Segunda Guerra Mundial. 

Passado os anos de terror e com a criação da ONU com objetivo de deter a guerra entre países e a valorização dos ideais de igualdade entre as nações e da importância da diversidade sociocultural, sem distinção por cor, raça, religião, classe social ou orientação sexual, é triste acreditar que ainda existam espalhados por todo o mundo, grupos que se manifestam a favor da segregação entre os povos, levando muitas pessoas a serem alvos de tanta discriminação.

E será justamente o preconceito e a intolerância presentes no submundo neonazista, que serão retratados na nova novela da Record “Vitória” de autoria de Cristianne Fridman e direção geral de Edgard Miranda. Na trama a atriz Juliana Silveira conhecida do público pelos inúmeros papéis de mocinha na TV será uma neonazista que lidera um grupo que irá perseguir negros, homossexuais e nordestinos. A corja será formada pelos atores Marcos Pitombo que interpretará Paulão, Bárbara vivida por Liége Müller, Enzo de Raphael Montagner e Quim de Gustavo Leão, que não medirão esforços para cumprirem seus planos, chegando a ponto de partirem para agressões físicas, queima de ônibus com retirantes nordestinos e até mesmo a morte.

Assim como será retratado no folhetim muitos integrantes desses grupos possuem boa condição financeira, são filhos de pais de classe média alta e geralmente possuem curso superior. São justamente, pelo fato de possuírem um alto grau de instrução, que buscam se informar sobre o tema e recrutar cada vez mais novos integrantes.

Sabemos que na maioria dos países fazer apologia ao nazismo é crime, inclusive no Brasil onde é sem direito a fiança, conforme o artigo nº 20, parágrafos 1 e 2, da Lei nº 7.716 de 5 de janeiro de 1989 e inclui prisão de 2 a 5 anos. Um caso que chamou atenção da população ocorrido em abril do ano passado foi a prisão do skinhead neonazista Antonio Donato Baudson Peret, 26 anos, preso em Americana, São Paulo, acusado de esfaquear um casal homossexual e de agredir um morador de rua em Belo Horizonte, Minas Gerais.

Em pesquisa realizada pela pesquisadora da Unicamp Adriana Dias em 91% das redes sociais por ela analisadas existiam comunidades neonazistas, sendo que esses grupos são predominantes no sul do país, mas tem crescido aceleradamente no Distrito Federal, Minas Gerais e São Paulo e o que mais assusta são que seus dados de 2013 apontam a existência de aproximadamente 105 mil neonazistas só na região Sul do Brasil.

No cinema, inúmeros filmes já retrataram o tema, em “A Outra História Americana”, por exemplo, o ator Edwar Norton, considerado por muitos um dos maiores atores da nova geração e duas vezes indicado ao Óscar, viveu um líder de grupo neonazista que mata três negros em frente a sua casa e após ser preso se arrepende dos atos cometidos. Para viver o papel Edwar ganhou 15 quilos de músculos e raspou a cabeça. O ator Raphael Montagner também passou por mudanças radicais para encarar o neonazista Enzo em “Vitória”. Confira abaixo um Tête-à-tête com o exímio ator e  algumas das suas revelações:

Qual o maior desafio em dar vida a um neonazista?
Raphael: No meu caso foi a total falta de conhecimento e vivência do tema e da realidade nazista. Conhecer o que pensam, o que fazem, defender a sua ideologia e seus fundamentos, depois incorporá-lo e dar vida a um personagem está sendo um grande desafio.

Já tinha presenciado algum tipo de ação neonazista no seu dia-a-dia, ou considera tal realidade totalmente diferente da sua?
Raphael: Ação neonazista declarada e na íntegra não. Mas simpatizantes da causa diariamente vivencio e vejo, como preconceitos raciais, religiosos e intolerância. Agora a minha realidade é totalmente oposta ao personagem! É apenas um trabalho novo e desafiador, por isso a dificuldade. Dedicação para fazê-lo é o que não falta.
Existe alguma particularidade sobre o Enzo que você pode observar nesse início de composição do personagem?
Raphael: Ele é extremamente calmo, calculista, sabe de cada passo, um cara estudado, de “papo reto” nas coisas e decisões, afinal é o fabricante de bombas do grupo e que sempre está atento aos mínimos detalhes!

A mudança de visual partiu de sua parte ou da produção da casa? Está tendo dificuldades para manter os cabelos raspados?
Raphael: (risos) Esse foi um dos maiores desafios pessoais. Tive que abandonar a vaidade pessoal para atender ao pedido do diretor geral da novela Edgar Miranda e me dar por inteiro para o Enzo. Agora já me acostumei e aceitei o visual agressivo e muita gente já está se sentindo intimidado.

Para descobrir mais detalhes sobre o Enzo e todo o seu perigoso grupo neonazista não perca “Vitória”! A previsão de estreia é para a primeira quinzena de junho em substituição a “Pecado Mortal”

20 abril 2014

Conheça William, personagem do ator Thelmo Fernandes em “Vitória”, nova novela da Record
























Longe da TV desde o especial de fim de ano da Record “O Amor e a Morte” quando deu vida ao personagem Ronaldo, o renomado ator Thelmo Fernandes voltará ao ar em breve na nova novela da Record “Vitória” de autoria de Cristianne Fridman e direção geral de Edgard Miranda, que substituirá “Pecado Mortal” no horário nobre da casa.

No novo folhetim que tem Thaís Melchior e Bruno Ferrari como protagonistas, Thelmo dará vida ao policial William Galvão. Medroso, acomodado e pouco contente com a profissão, ele não será mau caráter, nem se deixará levar pelos planos do corrupto delegado Ramiro, interpretado pelo ator Jonas Bloch. No entanto, vai ficar no meio da guerra entre o delegado e a sua filha Sabrina, personagem vivida pela atriz Rafaela Mandelli.

“Vitória” será o quinto trabalho do ator na Record e o segundo ao lado do diretor Edgard Miranda com quem trabalhou na novela “Ribeirão do Tempo”. Prestes a completar vinte e quatro anos de carreira, Thelmo possui no currículo mais de 50 produções, entre cinema, teatro e TV. Em cartaz com a peça “O Estranho caso do Cachorro Morto”, com direção de Moacyr Goes no Teatro do Leblon de quinta a sábado, 21h e domingo às 20h, ele é sem dúvida um dos maiores atores de sua geração!

Texto por Luciano Andrade - @luccandrade

19 abril 2014

Confira o novo visual de Rafaela Mandelli para viver a policial Sabrina em “Vitória”


Sensação do momento, os cabelos ruivos seguem em alta e a nova tendência estará presente também na nova novela da Rede Record “Vitória” de autoria de Cristianne Fridman e direção geral de Edgard Miranda. A pedido da direção da casa, quem não teve medo de apostar nesse tom foi a atriz Maytê Piragibe que na trama viverá a veterinária Renata.

Entretanto, ela não será a única a abusar de um toque avermelhado em suas madeixas. A próxima a dar um novo toque ao visual foi a atriz Rafaela Mandelli que voltará a brilhar na tela da Record como a policial Sabrina, principal responsável por dominar o grupo de neonazistas liderado por Priscila, interpretada pela a atriz Juliana Silveira, a bela ainda terá de enfrentar o pai Ramiro, um delegado corrupto e da pior espécie.

Acostumada a passar por mudanças radicais a cada nova trabalho, Rafaela Mandelli não mediu esforços para voltar a se tornar ruiva. “Pra minha construção de personagem quanto mais diferença tiver de um personagem para o outro, e isso inclui o físico também, melhor!”, declarou Rafaela, que no filme “Meu nome não é Johnny”,  inspirado em fatos reais, dirigido por Mauro Lima e protagonizado por Selton Mello, que dá vida ao traficante João Guilherme Estrella, traficante da Zona Sul do Rio, a bela teve quatro estilos diferentes de cabelo, curto e castanho, com megahair, loiro platinado e ruivo. “Vitória” tem previsão de estreia para junho em substituição a “Pecado Mortal”. Imperdível!

Veja o antes e depois da atriz:
























Texto porMaressa Villa Real - @maressavilareal
© Todos os direitos reservados

Leia também: 

Record nega afastamento de Dado Dolabella de nova novela e venda do RecNov
























Duramente bombardeado durante toda a semana devido as acusações de atraso nas gravações de “Vitória”, nova novela da Record de autoria de Cristianne Fridman e direção geral de Edgard Miranda, o ator Dado Dolabella ainda viu o seu nome envolvido num caso de agressão física a um dos produtores do novo folhetim, enquanto gravavam as primeiras cenas da trama em Curaçao, no Caribe.

No meio de toda polêmica, o ator negou as acusações e disse ser vítima de perseguição da concorrência: “Não teve confusão nenhuma. Essa é a famosa intriga da oposição. A Globo querendo minar um trabalho maravilhoso da Record, destacou o ator. Por meio de sua assessoria a Record informou que as gravações da trama seguem normalmente e desmentiu que o ator será afastado da nova novela e um novo personagem escalado para substituir o triângulo amoroso, formado por ele e pelos personagens de Thaís Melchior e Bruno Ferrari, que será um dos pontos chaves da trama.

Outro assunto que deu pano pra manga durante a semana foi a venda do complexo de estúdios RecNov, dado como certo por alguns sites especializados em TV, a especulação foi negada pela direção da casa, que destacou ainda que os investimentos em teledramaturgia continuam a todo vapor. Inclusive, em plena atividade como nunca se viu, afinal o RecNov é palco atualmente das gravações da novela “Pecado Mortal” de Carlos Lombardi, do novo folhetim “Vitória” de Cristianne Fridman, da primeira e segunda temporada da minissérie bíblica “Milagres de Jesus”. Sem contar a  finalização da edição da série Conselho Tutelar” e a pré-produção da série “Plano Alto”, “Sem Volta” e da novela bíblica “Dez Mandamentos”.

Texto por Luciano Andrade - @luccandrade
Colaborou: Maressa Villa Real - @maressavilareal
© Todos os direitos reservados

Leia também: 

18 abril 2014

“Pecado Mortal”: Patrícia e Picasso voltarão a se beijar e ele irá se declarar para ela
























O mistério em torno do “novo” Picasso continua nos próximos capítulos de “Pecado Mortal”. E a aproximação entre ele e a ex-mulher do seu rival continua a todo vapor. Após fugirem e serem perseguido por carro de bandidos, Otávio encontrará Picasso e Patrícia e os resgatarão antes que eles sejam capturados por bandidos, ele levará os dois até apartamento dela. Picasso ameaçará ligar para Caravaggio para pedir ajuda. Otávio ficará furioso e dirá para Patrícia que Picasso armou perseguição.

Otávio tentará convencer Patrícia de que Picasso armou tudo e se irritará ao ver que ela ficou em dúvida. Picasso se defenderá das acusações e pedirá para que Patrícia acredite nele, insinuando que Carlão pode ter armado as perseguições para se livrar dele. 

Patrícia dirá para Helena que tem certeza do amor de Carlão e decidirá ir atrás dele. Ela dirá para Picasso que terá de se afastar do caso por conta de Carlão. Ele vai chorar e dirá que ela é a única pessoa que poderá ajudá-lo. Helena ficará em choque ao encontrar Picasso desacordado ao lado de frasco de comprimido vazios e ligará para emergência. Patrícia ficará decepcionada e confusa ao descobrir que Doroteia e Carlão irão se casar. Helena dirá para Patrícia que Picasso tentou suicídio. 

Ele a reencontrará no hospital e a abraçará chorando, dizendo sentir vergonha pelo que fez.  A promotora decidirá voltar atrás e cuidar do caso de Picasso, ela ainda se lamentará para ele e dirá que Carlão e Doroteia irão se casar. Ele a consolará e se aproximará, beijando-a novamente.  Depois vai se declarar para Patrícia e dirá que estar apaixonado. Ela falará que não o quer, mas ficará confusa com tudo o que aconteceu. Carlão comprará buquê a irá até apartamento de sua ex-mulher. No entanto, Picasso atenderá a porta e deixará Carlão completamente surpreso. 

Texto por Luciano Andrade - @luccandrade
© Todos os direitos reservados

Leia também: 

Vapt-Vupt: Confira lista das estrelas globais que tiveram rápida passagem pela Record

Dá pra imaginar o que Samara Felippo, Ricardo Pereira e Juliana Alves têm em comum? Parece uma difícil pergunta não é mesmo? Mas nós vamos te dar a resposta. Ambos são atualmente contratados da Rede Globo e são vistos constantemente nos programas e novelas da casa. No entanto, o que muita gente talvez não saiba é que eles já foram contratados da Rede Record e inclusive, já atuaram em suas novelas.

Embora, a passagem tenha sido muito rápida, algo que gire em torno de meses, afinal, deram o ar da graça em apenas uma única produção do canal, alguns ainda são relembrados até hoje pelo excelente trabalho realizado na concorrência. O curioso é que logo após receberem visibilidade na Record, receberam propostas da Globo solicitando o seu retorno ao casting da casa. 

Confira abaixo com exclusividade uma lista com 20 atores da Globo que tiveram uma rápida passagem pela Record e seus respectivos trabalhos!

Juliana Alves: Rainha de bateria da Unidos da Tijuca, campeã do Carnaval do Rio de Janeiro dessa ano, a bela cujo último trabalho na TV foi na novela “Cheias de Charme”, participou na Record da novela “Prova de Amor” de Tiago Santiago dando vida a babá Sheila.
Samara Felippo: A bela que será umas das estrelas da série “O Caçador” na Globo, atuou na minissérie bíblica “José do Egito” na Record dando vida a sofredora e doce Diná.
Otaviano Costa: Um dos atuais repórteres do programa “Vídeo Show”, o ator fez na Record a novela “Amor e Intrigas” dando vida ao personagem Bruno.
Ricardo Pereira: Visto recentemente na novela “Joia Rara”, o ator participou do sucesso “Prova de Amor” dando vida a dois personagens, os irmãos gêmeos Marco Aurélio e Marco Antônio.






Preta Gil: A atriz e cantora que sempre faz ponta no programa “Esquenta” de Regina Casé e participou da série “Pé na Cova”, atuou na Record na bem sucedida “Caminhos do Coração” dando vida a personagem Helga.
Leonardo Miggiorin: Um dos integrantes masculinos do quandro “Saltibum” do Programa “Caldeirão do Huck” do apresentador Luciano Huck, atuou na Record na novela “Essas Mulheres”, onde interpretou o jovem Pedro.
Jacson Antunes: O renomado ator que fez uma participação especial recentemente na série “O Caçador” é até hoje relembrado pelo público ao ter vivido o personagem Miguel dos Anjos no sucesso “A Escrava Isaura” na Record.









Ildi Silva: Uma das integrantes femininas do quadro “Saltibum” do programa “Caldeirão do Huck” de Luciano Huck, a bela atriz deu vida a personagem Dinorá na novela “Bela, a Feia” na Record.
Fabio Lago: O ator cujo último trabalho na TV foi na série “Tapas & Beijos”, foi um dos destaques da novela teen “Alta Estação” dando vida ao divertido Zen na Record.
Christine Fernandes: Uma das comentaristas de esporte do quadro “Bolsa Redonda” do Programa “Esporte Espetacular”, a bela foi uma das protagonistas da novela “Essas Mulheres” dando vida à mocinha Aurélia.
Raphael Viana: Um dos destaques da novela “Flor do Caribe”, o jovem e talentoso ator roubou a cena também dando vida ao índio Iru na novela “Bicho do Mato” na Record.
Leopoldo Pacheco: Visto recentemente na novela “Joia Rara”, o ator até hoje é relembrado pelo público pela excelente atuação como o vilão Leôncio no sucesso “A Escrava Isaura”.






Paloma Bernardi: Uma dos destaques da novela “Salve Jorge”, a jovem e bela atriz deu vida na Record a personagem Luna no sucesso “Caminhos do Coração”.






Bianca Salgueiro: Protagonista da atual temporada de “Malhação”, a jovem atriz atuou na bem sucedida “Vidas Opostas” dando vida a personagem Letícia.







Ana Beatriz Cisneiros: No ar na atual temporada de “Malhação”, a jovem atriz interpretou a doce Madalena na bem sucedida “Vidas Opostas” na Record.










Marcos Winter: O ator que foi visto recentemente na novela “Flor do Caribe”, deu vida ao personagem Eduardo Abreu na novela “Essas Mulheres” na Record.












Beatriz Segall: A conceituada atriz cujo último trabalho nas telinhas foi na novela “Lado a Lado”, foi destaque na Record ao dar vida a matriarca Bárbara na novela “Bicho do Mato”.
Daniel Boaventura: O ator cujo últimos trabalho nas telinhas foi na série “Tapas & Beijos”, atuou na Record dando vida ao personagem Ferreira Pinto na novela “Essa Mulheres”.



Jacqueline Laurence: A conceituada atriz que participou da novela “Avenida Brasil”, interpretou na Record a Madame Eleonora Durrel na novela “Ribeirão do Tempo”.






Bia Seidl: A atriz que atuou na novela “Lado a Lado” e participou da última edição da “Dança dos Famosos”, quadro do Programa “Domingão do Faustão”, viveu a personagem Laura na novela “Bicho do Mato” na Record.













Texto por Luciano Andrade - @luccandrade
© Todos os direitos reservados

Leia também: