sábado, 19 de abril de 2014

Record nega afastamento de Dado Dolabella de nova novela e venda do RecNov
























Duramente bombardeado durante toda a semana devido as acusações de atraso nas gravações de “Vitória”, nova novela da Record de autoria de Cristianne Fridman e direção geral de Edgard Miranda, o ator Dado Dolabella ainda viu o seu nome envolvido num caso de agressão física a um dos produtores do novo folhetim, enquanto gravavam as primeiras cenas da trama em Curaçao, no Caribe.

No meio de toda polêmica, o ator negou as acusações e disse ser vítima de perseguição da concorrência: “Não teve confusão nenhuma. Essa é a famosa intriga da oposição. A Globo querendo minar um trabalho maravilhoso da Record, destacou o ator. Por meio de sua assessoria a Record informou que as gravações da trama seguem normalmente e desmentiu que o ator será afastado da nova novela e um novo personagem escalado para substituir o triângulo amoroso, formado por ele e pelos personagens de Thaís Melchior e Bruno Ferrari, que será um dos pontos chaves da trama.

Outro assunto que deu pano pra manga durante a semana foi a venda do complexo de estúdios RecNov, dado como certo por alguns sites especializados em TV, a especulação foi negada pela direção da casa, que destacou ainda que os investimentos em teledramaturgia continuam a todo vapor. Inclusive, em plena atividade como nunca se viu, afinal o RecNov é palco atualmente das gravações da novela “Pecado Mortal” de Carlos Lombardi, do novo folhetim “Vitória” de Cristianne Fridman, da primeira e segunda temporada da minissérie bíblica “Milagres de Jesus”. Sem contar a  finalização da edição da série Conselho Tutelar” e a pré-produção da série “Plano Alto”, “Sem Volta” e da novela bíblica “Dez Mandamentos”.

Texto por Luciano Andrade - @luccandrade
Colaborou: Maressa Villa Real - @maressavilareal
© Todos os direitos reservados

Leia também: