sábado, 1 de agosto de 2015

#Josué : Caio Blat pode ser o protagonista, entenda o caso



Caio Blat é um desses atores que é desejado em qualquer trabalho. Seja na TV, teatro ou cinema. Ele figura entre os mais procurados para fazer filmes no Brasil, tanto quanto os atores: Sandro Rocha, Milhem Cortaz, André Mattos, Caio Junqueira, Angelo Paes Leme, contratados da Record. E a TV Record já sondou o ator, Caio Blat, que está sem contrato com a Globo após o final da novela “Império”.
Dando continuidade ao fenômeno internacional que tem sido a novela, “Os Dez Mandamentos” na TV Record. O gênero “bíblico-religioso” (Esse termo é meu). Vem aí a segunda novela bíblica, “Josué e a Terra Prometida” (Título não oficial ainda). Depois de ter sido cogitado para o papel principal o ator que está em “Os Dez Mandamentos”, Sidney Sampaio, em “Josué”, a Record parece estar mais interessada no ator, Caio Blat. Obviamente um nome de peso muito maior.
No dia 30 de julho, o ator foi visto pelo RecNov, conhecendo os estúdios. E pareceu animado com a grandiosidade do lugar.
O produtor de arte da Record, Fernando Rancoleta registrou o momento. O que pode ser considerado com um possível contrato nos próximos dias.
Se tudo se confirmar, Record terá um elenco tão grandioso quanto o de “Os Dez Mandamentos”. Caio Blat e Miriam Freeland seriam os protagonistas. A Miriam retornando à TV Record para mais um papel importante para a carreira de qualquer atriz.
Vale lembrar que, em 2012, o ator entrou em uma polêmica junto com a TV Globo, na época sua contratante. Acabou falando sobre como funciona o esquema de divulgações na Rede Globo. Leia trecho do que ele acabou falando em vídeo. Logo depois da repercussão, ele pediu desculpas formalmente à TV Globo.
“Nos últimos sete ou oito filmes que fiz, entrei também como produtor. Aí descobri como a coisa está sendo feita na distribuição. E é uma coisa que me deixou enojado, horrorizado. Eu ia sempre na Globo pra divulgar os filmes que estava fazendo. Ia no “Vídeo Show”, no programa do Serginho Groisman para falar do filme, mostrar o trailer e tal. E achava que isso era um trabalho natural de divulgação. Aí eu descobri que essas coisas são pagas. Que quando vou no programa do Jô Soares fazer uma entrevista em que ele mostra um trecho do filme isso é considerado uma ação de merchandising, e não jornalismo. A TV Globo faz uma ação de merchandising do filme e apresenta um custo, uma fatura, pra Globo Filmes pagar. Ela cobra dela mesmo."
Depois de ter trazido atores de peso como Vera Zimmerman, Sérgio Marone, Juliana Didoni, Larissa Maciel e outros, a Record continua investindo em novos rostos para suas próximas novelas.

E ainda assim, tem jornalistas que insiste em “prenunciar o fim do RecNov. Vai entender.

Por André Lima

Twitter: @andrem1lima