quarta-feira, 2 de setembro de 2015

#CrônicaDaTV: É #OsDezMandamentos quem dita #ARegraDoJogo no Horário Nobre da TV


Crônica da TV: A Regra do Jogo agora é outra
Por essa ninguém esperava. A Regra do Jogo, novela da TV Globo escrita pelo aclamado autor, João Emanuel Carneiro, teve de seguir as regras de “Os Dez Mandamentos”, da também já consagrada autora de novelas no gênero bíblico, Vivian de Oliveira, na TV Record.

Na segunda (31) dia de estreia do primeiro capítulo da novela da Globo, a Record usou a mesma estratégia que a Globo utilizava quando o canal da Barra Funda ia estrear novelas. A TV Globo já chegou a exibir quase duas horas de novela para barrar estreias da Record.

Pois bem, se aquele dito popular: “O feitiço virou contra a feiticeira” faz sentido, isto se aplica a este caso. A Record usou uma estratégia de esticar por alguns minutos os capítulos da novela fenômeno mundial, “Os Dez Mandamentos” e deu certo. A Regra do Jogo teve a pior estreia de novela das 21 horas.

No segundo capítulo, A Regra do Jogo continuou sendo ditada por “Os Dez Mandamentos”. A novela das nove virou novela das dez. O início das pragas, a primeira das dez. Foi o ponto alto da novela. O trabalho impecável de produção, os efeitos bem finalizados tem causado estragos não só no Egito Antigo, mas também na concorrência.
A regra é clara…
Como diria o Arnaldo, a regra é clara… isso é concorrência e o ataque foi limpo e o gol da TV Record foi legal e digno de pedir uma “musiquinha” no Fantástico. Dizem que vão pedir música da trilha de “Os Dez Mandamentos”. - "♪♫ No Poço Te Encontrei ♫♪" 

A novela, Os Dez Mandamentos é o grande diferencial da TV, sim. Gostem ou não, é a opção que o telespectador tem para fugir do “mais do mesmo” disfarçado de “inovador”.

Nesta terça (1º), Os Dez Mandamentos marcou média de 19,1 pontos já consolidados em SP. Impulsionou o Jornal da Record que concorreu diretamente com A Regra do Jogo. O jornalístico da Record marcou 12 de média, com picos de 21,2. Números incríveis a contar com a concorrência, quase forte, da Globo e SBT.

Por falar em inovador e criativo …
Eu assisti a parte do segundo capítulo de “A Regra do Jogo”. E o que eu vejo? Alexandre Nero, sim o mesmo de “Império”. Aquele que fazia um homem mais velho em cenas quentes com a “ninfeta” da novela. E não é que a cena se repetiu. Ele continua sendo “o cara que pega as novinha” das novelas da Globo.

O uso excessivo da imagem do ator, que é bom. Pode ser uma salvação para a crise de audiência que a Globo vem sofrendo com suas novelas ou um tiro no pé, cansando a imagem do artistas como já fizeram no passado com Antonio Fagundes.

Aliás, diziam que era a Record quem repetia elenco de uma novela para outra. (risos).

Vamos falar de coisa boa?
A autora, Vivian de Oliveira e sua equipe de colaboradores têm feito um trabalho incrível e operado verdadeiros milagres, segurando uma história que poderia facilmente ser contada em trinta ou quarenta capítulos. Isso é para, no mínimo, se respeitar. Segurar no ar, com histórias paralelas, uma novela por mais de 100 capítulos, onde pouca coisa aconteceu, é para poucos.

Vivian de Oliveira e sua equipe utilizaram todos os recurso de um folhetim; (drama, humor, romances proibidos, vilões, mocinhos, ação). Tudo em uma só novela, e com temática bíblica.

Afim de que se registre, os colaboradores de Vivian de Oliveira e que ajudam a escrever os diálogos de Os Dez Mandamentos são: Paula Richard, Alexandre Teixeira, Emílio Boechat, Gabriel Carneiro e Joaquim Assis. Colaboração

Por: André Lima
Colaboração: @FaeelOliiveira