quarta-feira, 21 de outubro de 2015

#JornalismoVerdade - Em um ano, Repórter Record Investigação conquista três dos principais prêmios jornalísticos de 2015

O “Jornalismo Verdade” da Record venceu, nesta segunda-feira (19), o prêmio “Esso de Jornalismo”.


Reportagem exibida com exclusividade pelo Repórter Record Investigação, “As Eternas Escravas” foi a responsável pelo prêmio.
Lúcio Sturm e sua equipe foram conhecer de perto a vida de moradores de um quilombo Localizado a 320 km de Brasília (DF). Lá, eles se depararam com o retrocesso, falta de humanidade, ausência do poder público, exploração do trabalho infantil e abuso sexual.  Pessoas vivendo bem abaixo da pobreza: sem água, luz e educação. Como se estivéssemos no século 19.

O trabalho árduo da investigação...

Durante dois meses, a equipe buscou por documentos e informações exclusivas, investigando os abusos sexuais e torturas de crianças descendentes de escravos. Uma das dificuldades da equipe foi o acesso, devido à localização geográfica. Para se ter uma ideia, de um vilarejo ao outro levava-se em média três horas, isso porque as ruas são de terra e muitas pedras. Além do mais, a equipe estava sem comunicação, pois não tinha telefone e nem energia elétrica.
Equipe de profissionais premiados:
Domingos Meirelles, Gustavo Costa, Lúcio Sturm, Marcelo Magalhães, Michel Mendes, Valmir Leite, Caio Laronga, Natália Florentino e Rafael Ramos.

Magalhães, editor da reportagem, falou da importância de um programa como o Repórter Record Investigação, e ressaltou que há espaço para quem quer trabalhar com jornalismo investigativo no Brasil.

“Muitos colegas fazem reportagens excelentes, tanto que os dez finalistas do prêmio Exxonmobil são reportagens fantásticas, mas o Repórter Record Investigação busca cada vez mais ocupar um espaço de destaque e liderança nesse sentido. Esse prêmio é um sinal da conquista desse espaço. É um programa que voltou há um ano e ganhou três principais prêmios de jornalismo em 2015: Prêmio Tim Lopes de Jornalismo Investigativo [com a exibição da reportagem especial O Mistério do Matador de Mulheres], Vladimir Herzog de Anistia e Direitos Humanos [pela apresentação da matéria Estrada da Fome] e agora o Prêmio Esso de Telejornalismo 2015. Esses prêmios vieram para mostrar que o Repórter Record Investigação veio para ficar. ”

Crítica:

O Repórter Record Investigação é um dos jornalísticos de maior prestígio, com produção impecável. E depois que o programa foi colocado no ar mais tarde, depois da meia noite, o programa acabou sendo desprestigiado. É um pecado colocar um programa deste nível neste horário. Mas, já está prevista uma mudança de dia e horário para o Repórter Record Investigação para a grade de 2016. Há uma possibilidade de entrar no ar na sexta-feira, assumindo o horário destinado a filmes. Mas, esta previsão, até o momento, não está confirmada.


Vale ressaltar que um programa com tantos prêmios importantes já ganhos, precisa de uma atenção toda especial.

Texto e fotografia:






Rafael Oliveira
Twitter: @FaeelOliiveira

Crítica e Título:






 André Lima
Twitter : @andrem1lima